CAPPUCCINO SEM CAFEÍNA

capuccino

INGREDIENTES:
1 MEDIDA DE CEVADA SOLÚVEL
1 MEDIDA DE CHOCOLATE EM PÓ
2 MEDIDAS DE LEITE EM PÓ SOLÚVEL
1 MEDIDA DE AÇUCAR MASCAVO
1 COLHER (SOPA) DE BICARBONATO DE SÓDIO
1 COLHER DE CANELA EM PÓ

Modo de preparo:
Peneire e misture todos os ingredientes, guardar em recipiente bem fechado.
Servir com água quente ou leite quente.
Obs: se preferir não coloque açúcar e adoce com adoçante na hora de servir.

HAMBURGUER DE PROTEÍNA DE SOJA (PVT) E AVEIA

download

HAMBURGUER DE PROTEÍNA DE SOJA (PVT) E AVEIA

400 g de proteína de soja fina escura ( já hidratada)

2 xíc. de aveia em flocos finos

1 xíc. de farinha de rosca

2 colheres de óleo

2 ovos batidos

3 colheres de farinha de aveia ( ou de trigo)

1 cebola grande ralada

3 dentes de alho amassados

1/2 xic. de cheiro verde picados

sal marinho a gosto

MODO DE PREPARO:

Misture todos os ingredientes e amasse bem, ( passar no moedor ou multi-processador),

faça os hamburguês. Se você não tiver a forma de hamburguês, corte pedaços de plásticos e coloque em uma superfície lisa , coloque no centro do plástico uma colher da massa do hamburguês, outro pedaço de plástico e achata para ficar de forma redonda como um hamburguês. Repita este processo e congele se quiser guardar ou asse em forno quente . Vire para dourar os dois lados e sirva.

ALIMENTOS PARA DAR UM “UP” NA SUA IMUNIDADE

images (55)

Para ficar livre de constantes gripes, resfriados, garganta inflamada, feridas, herpes e outras doenças que não matam mas incomodam muito é preciso turbinar o sistema imunológico, consumindo os alimentos certos e evitando outros. De acordo com a médica ortomolecular Anna Bordini, “leite e derivados, açúcar refinado, cafeína, sal, álcool e alimentos industrializados e ricos em gorduras trans podem enfraquecer o sistema imunológico.
Um sistema imunológico fraco deixa o organismo frágil e sujeito a doenças, não só as doenças comuns que já citamos mas doenças como câncer, doenças infeccionas e imunológicas. E deixa também a recuperação mais lenta de quem pegou uma doença.
Saiba quais alimentos consumir para dar um up no seu sistema imunológico:

ALHO : Tem função imunoprotetora e uma dose de selênio e zinco, nutrientes importantes para evitar gripes , resfriados e outras doenças.

CEBOLA : É um potencializado da função imune, use sempre em temperos ou crua na salada.

LICHIA : Rica em vitamina C, auxilia na imunidade e tem propriedades anti-inflamatórias. 4

GENGIBRE : O gengibre auxilia nas defesa do organismo porque possui importante ação bactericida, além de boas doses de vitamina B6 e C. Pode ser adicionado no suco (1 colher de sopa de gengibre ralado, duas vezes por dia.

COGUMELO SHITAKE: O shitake é rico em lentinana, nutriente capaz de estimular a produção das células de defesa (macrófagos e linfócitos) e aumentar a imunidade. Utilizado em larga escala na comida japonesa, tem sido cada vez mais prescrito, graças aos seus aminoácidos e função imunoprotetora.

CASTANHA-DO-PARÁ : Segundo Lucianna Jardim, “a castanha-do-Pará é rica em selênio, poderoso antioxidante no combate aos radicais livres, que também turbina o sistema imunológico. Consumir uma ou duas por dia é suficiente para suprir as necessidades diárias de selênio”. O arroz integral, queijo cottage, gema de ovo, alho, cogumelos, sementes de girassol, cereais integrais.

IOGURT NATURAL : O iogurte natural é rico em lactobacilos com propriedades probióticas, que melhoram a flora intestinal e fortalecem o sistema imunológico.

VEGETAIS VERDE ESCURO : Brócolis, couve, couve de Bruxelas, rúcula e espinafre, mostarda fresca, pimentão, são fontes importantes de ácido fólico e vitaminas A, B6 e B12, que possuem papel na maturação das células imunes, ajudando na resistência às infecções.“Estes alimentos também são ricos em ácido fólico, nutriente que participa da formação de glóbulos brancos, responsáveis pela defesa do organismo”.
As hortaliças ricas em CAROTENÓIDES ou BETA-CAROTENO, aumenta o número de células que combatem as infecções. são aquelas que apresentam cor amarela, laranja ou vermelha e contêm carotenos, como beta-caroteno.Voce deve comer pelo menos cinco porções de frutas e legumes todos os dias.
FRUTAS CÍTRICAS : Laranja, acerola, limão, kiwi, acerola, e morango são ricas em vitamina C, antioxidantes, fibras, flavonóides e propriedades anti-inflamatórias. As frutas cítricas aumentam a imunidade , A VITAMINA C presente nestas frutas aumentam a células brancas e aumentam os níveis de interferon, o anticorpo forma uma película protetora nas células impedindo a entrada de vírus.

OUTROS ALIMENTOS COMO : Amêndoas, brócolis, acelga, mostarda, azeitonas, mamão, girassol, nabo. , ricos em VITAMINA E aumenta a produção de células B, as células imunes que produzem anticorpos que destroem bactérias. A vitamina E também pode reverter parte do declínio na resposta imunológica comumente associado ao envelhecimento.
Fontes:
Bem \Estar GNT g1.globo.com
corpo-saude.wmnett.com.br

Suco para aumentar a imunidade

Você vai precisar de:

1 limão (com casca)
Suco de 2 laranjas
2 maçãs
folhas de manjericão
1 pedaço de gengibre

Como preparar:

Bater todos os ingredientes no liquidificar ou passar tudo pela centrífuga e beber em seguida para  aproveitar os nutrientes
Se quiser pode acrescentar água.

DICA DE HOJE: Benefícios da Manga

1003908_459233647507519_1753280809_n   Aproveite todos os benefícios e o sabor desta fruta que já começamos a encontrar encontrar nos supermercados e frutarias. Coma frutas da época , pois é mais barato e mais saudáveis.

PÃO DE “QUEIJO” DE MANDIOQUINHA

 

paodequeijo

Pão de “queijo” de mandioquinha ( sem queijo)

Delicioso e saudável

Ingredientes:
3 xícaras de polvilho azedo
2 xícaras de polvilho doce
3 xícaras de purê de mandioquinha
½ xícara de óleo
1 colher ( sopa) de sal
1 xícara de água morna (da mandioquinha)

Modo de Preparo:
Cozinhe a mandioquinha até que fiquem bem macias. Escorra reservando a água. Amasse-as bem até formarem um purê.
Em uma bacia coloque o polvilho doce, o polvilho azedo, e o sal e vá umedecendo com a água da mandioquinha e esfarelando com as mãos. Por último coloque o purê juntamente com o óleo e amasse bem até formar uma massa lisa e homogênea. Faça bolinhas e coloque-as em
Uma forma untada. Leve ao forno bem quente por 30 minutos ou até que fiquem estufados e levemente dourados. Sirva quente.

Alimentação que ajuda na nutrição dos cabelos, unhas

images (2)

Para manter as unhas e cabelos bonitos e saudáveis é fundamental seguir uma boa alimentação, já que a falta de alguns nutrientes e vitaminas podem deixá-los quebradiços.
A ingestão insuficiente de vitaminas do complexo B pode provocar listras nas unhas e a falta de cálcio pode torná-las secas e quebradiças. A deficiência de vitamina C e ácido fólico pode ter uma responsabilidade parcial pelo aparecimento de problemas nas unhas.
A proteína, que é a base da queratina, é a principal fonte de nutrição para os cabelos e as unhas é encontrada em queijos e ovos, legumes e verduras , soja, grãos integrais como a Quinoa, feijões principalmente os do tipo escuro, semente de linhaça, girassol e gergelim, castanhas e as nozes. Esses alimentos também possuem cálcio e ferro.
Quando a mulher está anêmica ou tem deficiência de cálcio, os cabelos e unhas ficam fracos. As algas secas também são ricas em cálcio e em vitaminas do complexos B que fazem parte do cabelo. e unhas.
. As unhas gostam de proteínas, como os cabelos. E de mais dois nutrientes, o enxofre, que você encontra em verduras escuras, repolho e sementes, e do potássio, encontrado na banana, na cenoura, no pepino, na salsa e em todas as sementes.

O silício deve ser consumido para ajudar na absorção do cálcio, para ajudar no fortalecimento de cabelos e unhas. O silício é encontrado no espinafre, cebola e alho. Use sem moderação a cebola e o alho no tempero. A cenoura também, de preferência crua. Três xícaras de chá de cavalinha consumidas diariamente também são muito importantes.
O zinco, presente nas sementes, nas castanhas, e as algas, é um mineral essencial para as unhas. Se você tem manchas brancas, você deve estar com deficiência de zinco e selênio.
Dicas de alimentos para as unhas


Laranja, pimentão amarelo, mamão, morango, goiaba, limão, tangerina: VIT. C
Vegetais de folhas verdes escuras, nozes, sementes e grãos integrais: VIT. E
gema cozida, levedura e grãos integrais: BIOTINA
Ovo, laticínios, gérmen de trigo, grãos integrais: VITAMINAS complexo B
Quinoa, amaranto, carnes: ZINCO
leguminosas, feijões, grãos integrais,yogurte, ovos : QUERATINA
Dicas de alimentos para os cabelos
Pepino: SILÍCIO e ENXOFRE
Óleo de linhaça: ÁCIDOS GRAXOS ESSENCIAIS
Nozes e castanhas: ZINCO
Feijões, leite, quinoa e ovos: AMINOÁCIDOS
feijão, vegetais de folhas verdes-escuras: FERRO
Frutas secas e sementes de girassol: POTÁSSIO
leguminosas, feijões, grãos integrais,yogurt, ovos : QUERATINA

Biscoito de aveia e banana

images (56)

Ingredientes:

1/2 xic. de farinha de aveia

1/2 xic. de farinha de trigo  integral

1/2 xic. de farinha de trigo branca

1/2 xic. de aveia em flocos finos

1 colher de fermento em pó para bolo

1 colher de canela em pó

1 pitada de sal

1 xic. de açúcar mascavo

1/2 xic. de manteiga ou margarina

2 ovos inteiros

1/2 xic. de castanha do pará ralada

1/2 xic. de uvas passas sem semente (opcional)

2 bananas nanica amassadas

( água o suficiente para dar o ponto de pegar com a colher e colocar na assadeira)

Modo de preparo:

Peneirar as farinhas e o açúcar, Juntar a manteiga ou margarina em temperatura ambiente, acrescentar os ovos batidos e a metade da banana amassada. Misturar bem, acrescentar a canela em pó, o sal, o fermento, a aveia, o restante da banana, a uva passa e a castanha. Misturar bem( se precisar acrescente água).

Pegue com a colher e deixe cair na assadeira untada com óleo e farinha e asse me forno médio até dourar. deixe esfriar pra não quebrar.

 

 

 

 

 

Alimentos Saudáveis Para Aliviar Stress

tabela-de-calorias             O stress é apontado como um dos grandes males da sociedade moderna. Estudos conduzidos pela associação internacional dedicada à prevenção e estudo do estresse, a International Stress Management Association (Isma) aponta que ele atinge 70% dos brasileiros, um dos maiores índices mundiais,   resultado  de uma vida cada vez mais corrida e agitada. Em excesso, o stress causa angústia, nervosismo, irritabilidade, insônia e pode desencadear uma série de doença.

Para aliviar e reduzir os diversos efeitos do estress, especialistas indicam noites de sono bem dormidas, exercícios físicos regulares e tempo de lazer, “saber reconhecer e respeitar os próprios limites é um dos fatores de controle”, outra forma muito importante é a ingestão de alimentos saudáveis, “uma dieta equilibrada, balanceada, constituída de muitos vegetais, pouca gordura e pouco açúcar pode ajudar a combater o estress”

Ahhh…, tem mais uma dica hiper preciosa: DEIXE O CELULAR, TABLET, COMPUTADOR de lado. Desconecte-se.  Ok, é difícil ficar longe do celular. Sabemos o quanto é sofrido. Mas, experimente.

Alimentos que causam ou aumentam o estress:
Açúcar, refrigerantes, cafeína, álcool, sorvetes, batata frita, queijos amarelos, chicletes e doces em geral, energéticos, alimentos picantes, alimentos processados e industrializados como : salsichas, hambúrguer, linguiça, mortadela e presunto.

Cerais integrais como o trigo e a aveia: A aveia e outros hidratos de carbono também ajudam a aumentar os níveis de serotonina no cérebro. Na verdade o cérebro precisa de carboidratos e água para funcionar normalmente. É por isso que é essencial incluir bons carboidratos como a aveia na sua alimentação regular. Alimentos ricos em carboidratos: macarrão integral, batata, pão integral, mandioca, inhame, mandioquinha, batata-doce, feijão, grão-de-bico, ervilha e lentilha. no trigo possui trimetilglicina, uma substância que ajuda a melhorar a energia, o bem-estar e a concentração.
Mel – rico em triptofano, tem ação calmante que induz a sensação de bem-estar. Ajuda na flora intestinal, responsável pela produção de serotonina, que dá mais disposição e sensação de prazer.
Abacate – rica em ácido fólico, vitamina B3 e potássio, age sobre o sistema nervoso central, garantindo o efeito relaxante.

Banana – rico em triptofano, substância precursora da serotonina.

Nozes – Ajudam você a manter seu nível de açúcar adequado no sangue. Também contém muitas vitaminas do complexo B, que combate a fadiga.
Alface: substâncias encontradas principalmente nos talos das folhas como a lactucina e lactupicrina, atuam como calmantes naturais.

Espinafre e brócolis: previnem a depressão. Contêm potássio e ácido fólico, importantes para o bom funcionamento das células, assim como o magnésio, o fosfato e às vitaminas A e C e ao Complexo B, que garantem o bom funcionamento do sistema nervoso.
Laranja: promove o melhor funcionamento do sistema nervoso. É um ótimo relaxante muscular, ajuda a combater o estresse e prevenir a fadiga. A fruta é rica em vitamina C, cálcio e vitaminas do Complexo B. A ingestão de vitamina C inibe a liberação de cortisol, principal hormônio relacionado ao estress no corpo.

Castanha-do-pará: melhora sintomas de depressão, auxiliando na redução do estress. Também é rica em selênio, um poderoso agente antioxidante. Uma unidade ao dia já fornece a quantia diária recomendada de 350mg.

Alimentos ricos em vitaminas do complexo B: Quando o estresse está presente, o corpo utiliza a glicose desordenadamente, consumindo então as proteínas do músculo como fonte de energia. O ideal então é se alimentar de alimentos ricos em carboidratos complexos e uma dose extra de proteína magra como: leite em pó, queijo minas, amêndoas que contém vitamina B12; ovo, leite, banana, aveia, batata, ricos em vitamina B6.

Maracujá: Ao contrário do que diz a crença popular, a fruta não é calmante, mas sim suas folhas. As folhas contêm alcalóides e flavonóides, substâncias depressoras do sistema nervoso central (SNC), o conjunto do cérebro com a medula espinal, responsável pela sensibilidade e pela consciência. Por isso, elas atuam como analgésicos e relaxantes musculares .
 Frutas cítricas: Morango, laranja, kiwi, abacaxí, goiaba, acerola e maracujá são ricas em vitamina C, que ajuda na imunidade, diminui o risco de gripes e resfriados que afetam a energia. A carência de vitamina C também prejudica a absorção de ferro, contribuindo para a anemia e falta de disposição.

Maçã: A fruta é rica em actidina (uma enzima que melhora a circulação do sangue), potássio, vitamina A, B1, B2, e fósforo, que combate o estress e a fadiga.

Chás: maracujá, melissa, camomila.
Água: É sabido que nosso corpo é constituído por mais de 70% de água, então a água é fundamental para o bom funcionamento do nosso corpo .

Relembrando: praticar atividades físicas aliada a uma boa alimentação e uma boa noite de sono também pode fazer toda a diferença! 

 Imagem

Pele e cabelos saudáveis

DICA DE HOJE: Quer ter a pele e os cabelos sempre saudáveis e bonitos? Beleza começa de dentro pra fora, então mude seus hábitos alimentares e sinta os resultados. Esta mistura não é somente boa para pele e cabelos, mas ajuda no bom funcionamento do intestino.

img

Use diariamente 2 colheres desta mistura, pode ser em batidas de frutas, no suco, com banana ou mamão amassados ou polvilhar em saladas e diretamente na comida servida no prato.

200 g de farelo de aveia

100 g de germe de trigo

100 g de gergelim

100 g de farinha de arroz integral

100 g de farinha de soja

50 g de farelo de trigo

50 g de chia

Misture tudo e guarde em recipiente fechado , se passar de 30 dias, guarde na geladeira ou tostar em forno moderado por 20 min, mexendo de 5 em 5 minutos.

Pressão Arterial – Alimentos que ajudam a combater a Hipertensão

images (5)

HIPERTENSÃO ARTERIAL – ALIMENTOS QUE AJUDAM OU PREJUDICAM.
Inimiga silenciosa: é dessa maneira que a comunidade médica costuma se referir à hipertensão.  90%Em boa parte dos casos, um destino melhor para os vasos sanguíneos depende do acompanhamento com o cardiologista e da escolha correta dos alimentos incluídos no cardápio. das pessoas com pressão arterial elevada não apresentam sintomas “Uma dieta balanceada, somada à prática de exercícios físicos, muitas vezes é o suficiente para prevenir e até mesmo controlar uma hipertensão mais leve”, afirma o cardiologista Marcus Bolívar Malachias, presidente do Departamento de Hipertensão da Sociedade Brasileira de Cardiologia.
Farelo de trigo e Farelo de aveia
São fontes de fibras, compostos que dificultam a absorção de gorduras e do colesterol ruim, o LDL. Por participar dessa faxina nas artérias, esses alimentos auxiliam o sangue a circular sem sujeiras no caminho
Sugestão de consumo
Misture os dois farelos e use 2 colheres de sopa do farelo em vitaminas, frutas ou refeições salgadas. Pode salpicar diretamente sobre os alimentos.
Morango , melancia, amora e outras frutas vermelhas.
Cientistas das universidades de east anglia, na inglaterra, e Harvard, nos estados Unidos, descobriram queda de 8% no risco de hipertensão em pessoas que consomem o morango e outras frutas vermelhas . O mérito parece vir de um antioxidante que dá cor a essas frutinhas, a antocianina. “ela atua na redução das moléculas de LDL, o mau colesterol, e no aumento do HDL, a versão do bem, o que beneficia a circulação”, “além disso, essa substância combate o processo inflamatório envolvido nas doenças cardiovasculares”, substâncias também encontradas em outras frutas vermelhas como melancia, amora e framboesa.
Sugestão de consumo
Inclua 5 morangos ou outra fruta vermelha no café da manhã ou tome o suco natural da fruta após as refeições.
Outros alimentos que ajudam a controlar e até a baixar a pressão arterial:
Soja, cereais integrais, semente de abóbora, aveia, azeite de oliva, alho, brócolis, espinafre, etc…
Enfim, ter uma dieta rica em frutas, verduras, legumes, cereais integrais e castanhas e evitar os 3 itens abaixo que prejudicam a pressão arterial. Isto combinados a exercícios físicos regulares, é o segredo de uma vida saudável para os hipertensos.
Os inimigos da pressão
Enquanto alguns alimentos ajudam a afastar ou minimizar a hipertensão, outros funcionam como verdadeiros gatilhos para deflagrar e piorar a doença. É o caso do trio abaixo, considerado uma bomba para a saúde das artérias.

Sal: os brasileiros usam mais do que o dobro dos 5 gramas diários recomendados. Em exagero, o sódio faz o corpo reter água e a pressão decolar.

Álcool: bebidas alcoólicas
Açúcar: esse é outro ingrediente abusado por nossos conterrâneos. Açúcar demais favorece a obesidade, condição já ligada à compressão das artérias.
Fonte: Revista Saúde. Ed. Abril; Terra , saúde e nutrição.